Pentecostes: a festa da unidade na diversidade

O Espírito Santo é o protagonista da missão. Missionários da Consolata estão reunidos em Capítulo Geral na Itália.

Por Jaime C. Patias

O Espírito Santo é o protagonista da missão. Sopra livre e solto espalhando os seus múltiplos dons em todos os tempos e lugares. A missionariedade aproxima e une pessoas e povos de diferentes culturas, raças, línguas e cores. Vivemos essa experiência na Congregação dos missionários da Consolata. Fundada em 1901 pelo Bem-aventurado José Allamano em Turim, região do Piemonte no norte da Itália com apenas um grupo étnico foi empurrada pelo Espírito mundo a fora. A missão Ad Gentes, alma da comunidade, espalhou os seus membros pelo mundo. Após 116 anos de história, somos uma Congregação pluricultural, internacional e multiétnica com 982 missionários originários de 23 países e vivendo em 231 comunidades presentes em 28 países na África, América, Ásia e Europa.

pentecostes1Viver a unidade na diversidade é uma riqueza e ao mesmo temo um desafio. Eis o nosso Pentecostes de cada dia!

No XIII Capítulo Geral que acontece em Roma (22 de maio a 20 de junho) somos 45 missionários representantes de 18 Regiões IMC: 21 africanos (9 quenianos, 4 congoleses, 3 tanzanianos, 3 etíopes, 1 moçambicano e 1 ugandês); 14 europeus (10 italianos, 3 portugueses, 2 espanhóis); 8 latino americanos (3 colombianos, 2 brasileiros, 2 argentinos, 1 uruguaio). Diante das grandes ordens religiosas, somos pequenos, mas dá para sentir a maravilha da criação. Caminhar juntos na diversidade de cada um nem sempre é tarefa fácil, contudo, é no diálogo e abertura ao diferente que atua o mesmo espírito missionário de Jesus. "Vós sereis minhas testemunhas...".

Se Deus criou o mundo pluricultural, multiétnico e inter-religioso, quem somos nós para reduzir essa riqueza em uma única e pobre visão?

Jaime C. Patias, imc, brasileiro de Esquina Buriti, Tuparendi - RS

Deixe uma resposta

doze − 9 =