Consolata abre nova missão em Angola

Depois de dois anos de presença dos missionários no país, decidiu-se alargar a ação em outra diocese.

Por Diamantino Antunes

O missionário queniano Silvestre Ogutu tomou posse como novo pároco da vila de Funda, na diocese angolana de Caxito, este domingo, 18 de dezembro, o mesmo dia em que foi aberta a segunda comunidade de missionários da Consolata em Angola. Nos próximos dias são esperados mais dois sacerdotes, recentemente ordenados: o padre Luís Antônio de Brito (Brasil) e o padre Heradius Mbeyela (Tanzânia). Os católicos de Funda, que acompanharam a tomada de posse, congratularam-se com a chegada dos missionários e afirmaram que este ano o Natal chegou mais cedo.

grupo_de_capalangaA nova paróquia, desmembrada da imensa paróquia de Kifangondo, é formada por 18 comunidades cristãs espalhadas no território. Não existe ainda a sede paroquial e os três missionários deverão escolher o lugar onde construir a igreja, a casa paroquial, as salas de catequese e todas as infraestruturas necessárias para realizar o trabalho pastoral. Por agora, residem numa casa existente junto de uma pequena capela em Casas Novas. A primeira tarefa será fazer nascer uma nova comunidade paroquial interétnica, acolhedora e capaz de viver e testemunhar a fé em Jesus Cristo.

Os Missionários da Consolata, chegados a Angola em 2014, fundaram a paróquia de Santo Agostinho de Kapalanga, na diocese de Viana. Depois de dois anos de presença, segundo o projeto traçado inicialmente, decidiu-se alargar a ação missionária no país numa outra diocese.

Deixe uma resposta

1 × dois =