Profissão perpétua de missionários da Consolata marca início do Advento

Gabriel Oloo Ochieng, Heradius Germanus e Paul Okoth Auma, missionários da Consolata, professam votos perpétuos em celebração na Paróquia do Jardim São Bento, São Paulo, dia 27 de novembro.

Por Paulo Mzé

Três jovens missionários da Consolata se consagraram definitivamente a Deus, aos irmãos e irmãs em celebração litúrgica do primeiro domingo de Advento, dia 27 de novembro, na Paróquia Nossa Senhora Consolata, Jardim São Bento, Setor Imirim, Região Episcopal Santana, na Arquidiocese de São Paulo.

profissaomenor A celebração contou com a presença significativa de fiéis daquela comunidade paroquial, além da presença de alguns convidados, e foi presidida pelo Superior da Região Brasil dos Missionários da Consolata, padre Luiz Carlos Emer. Foi concelebrada por alguns padres também missionários da Consolata, entre eles, o pároco Moisés Fachini, Vice-Superior, Robério Crisóstomo, Célio Dorneles, Gilberto da Silva e Adriano Prado.

Durante a celebração, após a proclamação do Evangelho, o formador do Seminário Teológico Padre João Batista Bísio, padre Francisco López chamou os professos perpétuos; os quenianos Gabriel Oloo Ochieng  e Paul Okoth Auma, e o tanzaniano Heradius Germanus.

Em seguida, o padre Emer, dirigindo-se à assembleia e aos professos de maneira particular, fez um breve aceno ao tempo do Advento que se iniciava naquele final de semana. Padre Luiz disse que as leituras não teriam nada a ver com o Natal. Mas nos preparam para o Natal do Senhor Jesus. Falando da profissão religiosa, afirmou que a profissão temporária seria comparada ao noivado, enquanto a perpétua, ao casamento.

Voltando-se aos professos, padre Luiz, disse que eles estavam escolhendo definitivamente Jesus Cristo como centro de suas vidas. Pelo compromisso assumido, definitivamente eles se decidiram seguir e servir a Cristo pela experiência do discipulado no serviço aos irmãos e irmãs, através dos conselhos evangélicos de pobreza, castidade e obediência. No final de sua colocação, padre Luiz Carlos Emer pediu a Deus que abençoasse os professos em seus santos propósitos.

A celebração foi animada pelos seminaristas do Seminário Teológico Internacional Padre João Batista Bísio. Após o término da mesma, o padre Moisés convidou a todos para o salão paroquial, onde foi oferecido um lanche de confraternização.

(CC BY 3.0 BR)

Deixe uma resposta

2 × três =