Várzea Paulista recebeu a 5ª Caminhada dos Mártires da diocese de Jundiaí

A Caminhada que é um momento místico e político também fez memória dos mártires que pagaram com a própria vida a defesa de causas dos oprimidos e injustiçados como Irmã Doroty, Chico Mendes, padre Josimo, o operário Santo Dias, o bispo Dom Oscar Romero e outros.

Por Reinaldo Oliveira

Várzea Paulista recebeu no dia 9 de julho, a celebração da 5ª Caminhada dos Mártires da diocese de Jundiaí. Os fiéis da paróquia São Francisco de Assis e demais paróquias da diocese, caminharam, rezaram, entoaram cânticos e fizeram manifestações contra situação de degradação e injustiça social, pelas ruas estreitas do Jardim Paulista, na periferia da cidade.

5 AMINHADA DOS mARTIRES - vARZEA pTA 039Ela foi promovida pela Pastoral Fé e Política, Fórum das Pastorais Sociais e Casa Social da paróquia São Francisco de Assis. O tema da Caminhada foi: “Misericórdia: Coração da Missão”, que engloba duas outras realizações da Igreja Católica: o Ano da Misericórdia e as Santas Missões Populares.

A Caminhada que é um momento místico e político também fez memória dos mártires que pagaram com a própria vida a defesa de causas dos oprimidos e injustiçados como a Irmã Doroty, Chico Mendes, o padre Josimo, o operário Santo Dias, o bispo Dom Oscar Romero e outros.

O encerramento da Caminhada foi com uma solene celebração eucarística presidida pelo padre Leandro Megeto, onde na homilia, citando as leituras da celebração,  disse que a manifestação cristã não é por uma causa, uma ideologia ou bandeira de salvação, mas como a de  um verdadeiro cristão na sociedade e no mundo.

A solene celebração eucarística foi concelebrada pelo pároco – padre Alexandre Rogério Teodoro, pelo padre José Renilton, pelo diácono Antonio Lança, seminaristas, religiosos e religiosas. O pároco padre Alexandre agradeceu aos organizadores da Caminhada e convidou os jovens para  a Caminhada da Juventude que foi realizada no domingo, dia 10 de julho, saindo da paróquia e indo até o Morro do Mursa.

Fonte: Pastoral Fé e Política de Jundiaí

Deixe uma resposta

10 + dez =