A Rússia sai em defesa dos cristãos do Oriente Médio

Zenit

A Rússia quer implementar medidas concretas para intervir em defesa dos cristãos perseguidos no Oriente Médio. A notícia foi dada pelo diplomata russo Alexander Yakovenko, Embaixador da Federação Russa para o Reino Unido, agora vice-ministro das relações exteriores russa

O diplomata revelou que o seu país está considerando "a oportunidade de apresentar ao Conselho para os Direitos Humanos das Nações Unidas - organismo das Nações Unidas com sede em Genebra - uma resolução para instar medidas internacionais de proteção para as comunidades cristãs do Oriente Médio e do Norte da África", e "especialistas russos estão já trabalhando no texto do documento".

Uma proposta concreta será enviada da Rússia já nos dias 4 e 5 de dezembro, em Basiléia, durante o Conselho Ministerial da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE). A representação russa vai exigir estudar medidas para apoiar e ajudar os cristãos no Oriente Médio em estado de crise e assédio, solicitando para tal efeito um envolvimento maior dos Estados Europeus.

Fonte: www.zenit.org

Deixe uma resposta

2 + dezenove =