Está vivo!

Edson Assunção *

"Por que buscais entre os mortos aquele que está vivo? Não está aqui. Ressuscitou!" (Lc 24,5-6)

Com estas belíssimas palavras o anjo dá ás mulheres a melhor notícia de todos os tempos: Jesus está vivo. Ele venceu a morte. Logo as mulheres correm para transmitir a notícia aos Apóstolos e, estes, ao longo dos séculos, fazem-na ecoar "a todas as nações, a começar pela Galileia".

Porém, "depois de dois mil anos, é com tristeza que constatamos que a missão confiada por cristo á sua Igreja ainda está apenas n o começo" (RMi 1). Apesar de vivermos na era da informação, quando quase todo mundo tem celular, tv, rádio, internet, imprensa, a maior e melhor de todas as notícias ainda é desconhecida pela maioria dos habitantes do planeta. Mais de 2/3 da humanidade ainda não sabe que Ele está vivo, porque Ele é Deus e a morte não tem a última palavra sobre Ele. São bilhões de pessoas que não têm a alegria de saber que têm um Salvador, que morrendo na cruz, venceu a morte e abriu-nos as portas do céu.

Ao celebrarmos mais uma vez a Páscoa, devemos sentir em nós renovar-se o ardor missionário, aquele mesmo ardor que fez as mulheres voltarem correndo para casa onde estavam os irmãos reunidos e, cheias de alegria, anunciar-lhes que Jesus está vivo. Aquele mesmo ardor que levou tanta gente, ao longo dos séculos, a deixar sua pátria, família, língua, cultura (as vezes para nunca mais voltar) a fim de ir ao encontro daqueles que ainda não sabiam que Ele não estava mais no túmulo.

Hoje o ressuscitado nos chama a usar todos os meios disponíveis (e que são maiores e melhores que os dos primórdios da Igreja) para fazer a boa notícia chegar a todos os que ainda não sabem disso. Reacendamos em nossos corações o mesmo ardor, o mesmo entusiasmo que foi aceso no coração daquelas mulheres junto ao túmulo na madrugada de domingo. Ponhamo-nos á disposição do Senhor, para que, se não todos, pelos menos alguns irmãos em algum ligar do mundo saibam graças a nós: Ele não está no túmulo: ressuscitou.

* Edson Assunção é padre, Secretário Nacional da Infância e Adolescência Missionária - IAM.

Fonte: POM - Pontifícias Obras Missionárias

 

Deixe uma resposta

quatro × 5 =