Faleceu Superior Geral dos Camilianos, Pe. Leo Pessini

Natural de Joaçaba, SC, Pe. Leocir era o 60º sucessor de São Camilo de Lellis, fundador da Família Camiliana.

Por Raimundo de Lima

Tendo sempre cultivado uma grande paixão pelo carisma camiliano, o cuidado com os enfermos, a humanização do mundo da saúde, e o ensino das disciplinas bioéticas, Pe. Leo – como era carinhosamente chamado por seus confrades – foi Superior Provincial da Província Camiliana do Brasil, no período 2010-2014, quando em junho de 2014 foi eleito Superior Geral dos Camilianos no 58º Capítulo Geral da Ordem

padre-Leocir-Pessini_Camilianos-600x338Os confrades da Ordem dos Ministros dos Enfermos (Camilianos) comunicaram esta quarta-feira, 24 de julho, o falecimento, aos 64 anos, do Superior Geral da Ordem, Pe. Leocir Pessini. Natural de Joaçaba – SC, Pe. Leocir era o 60º sucessor de São Camilo de Lellis, fundador da Família Camiliana.

Tendo sempre cultivado uma grande paixão pelo carisma camiliano, o cuidado com os enfermos, a humanização do mundo da saúde, e o ensino das disciplinas bioéticas, Pe. Leo – como era carinhosamente chamado por seus confrades – foi Superior Provincial da Província Camiliana do Brasil, no período 2010-2014, quando em junho de 2014 foi eleito Superior Geral dos camilianos no 58º Capítulo Geral da Ordem.

Nesses cinco anos visitou todas as comunidades da Ordem, encontrou os confrades em todas as latitudes (em 39 nações), partilhando com eles as fadigas e esperanças no grande desafio de encarnar o carisma do cuidado com os enfermos e de ensinar outros a fazerem o mesmo.

Descoberta a enfermidade, em setembro de 2017, transcorreu alguns meses de tratamento em Roma – onde residia como Superior Geral da Ordem –, e desde março deste ano se transferiu para São Paulo.

“Os cuidados oferecidos pelos médicos, a fraternidade dos confrades e o afeto de seus pais e de suas irmãs acompanharam-no e o consolaram em seu encontro com a face boa e misericordiosa de Deus”, lê-se no comunicado da Família Camiliana.

Tempos atrás concluiu um breve escrito seu com uma seguinte reflexão. “Para mim é muito verdadeira e profunda a expressão do famoso poeta T.S. Eliot (1888-1965): Devemos continuar buscando, mas no final da nossa busca voltaremos ao ponto de partida e conheceremos este lugar pela primeira vez” – palavras que agora assumem um significado mais profundo ainda, vez que o religioso camiliano volta agora para a Casa do Pai.

Fonte: Vatican News

Deixe uma resposta

3 × 5 =