Fotos inéditas de N.Sra. de Fátima no Museu Consolata

Exposição homenageia missionário da Consolata que chegou em Fátima no ano de 1943.

Por Juliana Batista

Fotografias inéditas da Cova de Iria da década de 40 do século XX podem ser vistas a partir da próxima sexta-feira, 5 de maio, no Consolata Museu, em Fátima. As imagens integram a exposição "A minha romaria à Fátima | Padre João De Marchi". A mostra "homenageia este missionário da Consolata italiano", que chegou a Fátima em 1943 e que logo no ano seguinte fundou o primeiro Seminário de Nossa Senhora de Fátima da Consolata de Portugal.

demarchiA exposição apresenta as primeiras edições do livro "Era uma Senhora mais Brilhante que o Sol", publicado pelo sacerdote italiano em 1945. Com 300 páginas, o livro tornou-se num «best-seller», tendo sido traduzido para italiano, inglês, espanhol, francês, alemão e holandês e considerado como "uma das obras de referência sobre Fátima".

Entre as fotos únicas em exposição, uma delas mostra o fundador dos Missionários da Consolata em Portugal com a Irmã Lúcia, em 1946, quando da sua visita a Fátima após "deixar as Irmãs Doroteias para entrar no Carmelo de Coimbra, sendo-lhe pedido que corrigisse o livro (Era uma Senhora mais Brilhante que o Sol), tendo efetuado ligeiras correções".

A exposição dá conta da "importância da figura do padre João De Marchi e dos Missionários da Consolata para a divulgação da Mensagem de Fátima para o mundo no âmbito do Centenário das Aparições", indicam os responsáveis pelo Consolata Museu | Arte Sacra e Etnologia, em comunicado. A mostra poderá ser vista até 29 de outubro de 2017.

Fonte: Fátima Missionária

Deixe uma resposta

18 − 16 =