Romaria Nacional da Pastoral Afro-brasileira

Comunidades Negras católicas celebram 26ª Romaria no Santuário de Aparecida.

Por Jacques Kwangala Mboma

As comunidades Negras Católicas acabaram de celebrar a 26ª Romaria Nacional da Pastoral Afro-brasileira no Santuário Nossa Senhora Aparecida, no primeiro final de semana de novembro.

romariaaparecidanovembro2022O celebrante, Dom Pedro relatou a importância de cuidar da vida do próximo. Ninguém tem o direito de tirar a vida do outro. Todos nós somos iguais sem diferença. Ele falou também sobre a educação e que os negros têm pouca oportunidade. O índice do analfabetismo é grande nessa faixa da população.

Baseou-se nas leituras do dia, dizendo "não podeis servir a Deus e ao dinheiro". Denunciou a ganância que é a raiz de todos os males. Afirmou ainda que o racismo deve ser combatido em todos os setores da sociedade, argumentou que o racismo desaparece e assume outras formas diferentes.

No século XXI não deveria acontecer coisas como o caso Jorge Floyd, a violência no Brasil continua acontecendo. Que a Nossa Mãe Aparecida interceda por nós para que tenhamos uma sociedade, igualitária e sem racismo. Estiveram presentes a Pastoral Afro de Engenheiro Pedreira, Rio de Janeiro, bispos, padres e diáconos de diferentes dioceses.

Jacques Kwangala Mboma, imc, é missionário da Consolata em Engenheiro Pedreira, RJ e trabalha com a Pastoral Afro.

Deixe uma resposta

dois + 7 =