Brasileiros desenvolvem aplicativo oficial do Bem-aventurado Carlo Acutis

Jovem conhecido como “ciberapóstolo” da Eucaristia tem uma relação especial com o Brasil, onde nunca esteve: morreu no dia de Nossa Senhora Aparecida e o milagre para sua beatificação aconteceu em terras verde e amarelas.

Por Assessoria de Imprensa

Foto: Divulgação

O Brasil tem mais um motivo para colocar Carlo Acutis na lista de seus santos e bem-aventurados de devoção, aqueles mais próximos do povo brasileiro. Nascido em Londres, Carlo viveu na Itália, e morreu no dia 12 de outubro de 2006, com apenas 15 anos, dia de Nossa Senhora Aparecida.

E foi o Brasil o local escolhido por Carlo para realizar o milagre que o tornou bem-aventurado: atribui-se a ele a cura, em 2013, de uma criança do Mato Grosso do Sul que sofria de pâncreas anular, uma rara anomalia congênita. Neste ano, o Brasil terá mais uma relação com Acutis. A agência responsável por desenvolver o aplicativo de celular oficial do bem-aventurado e do Santuário do Despojamento em Assis, onde encontra-se o seu corpo, é brasileira, de Londrina, no Norte do Paraná.

Mas o que tem a ver Bem-aventurado Carlo Acutis com o Santuário do Despojamento? Quando morreu, Carlo foi sepultado em Assis, por um desejo seu, a cidade que mais amava e que tanto contribuiu para a sua espiritualidade, graças a São Francisco e à atmosfera espiritual do lugar. Quando foi declarado venerável, em abril de 2019, seu corpo foi transferido do cemitério de Assis para o Santuário do Despojamento, a pedido do bispo, dom Domenico Sorrentino. E aí mais uma relação de Carlo com o Brasil: o reitor do santuário é um frade capuchinho brasileiro, frei Carlos Acácio, que administra o local junto com outros freis capuchinhos e três Irmãs Franciscanas Missionárias Capuchinhas do Brasil.

Santuário do DespojamentoO Santuário do Despojamento, localizado na Igreja de Santa Maria Maior, em Assis, é o local onde São Francisco se despojou, até a nudez, de todos os bens terrenos, para doar-se inteiramente a Deus e ao próximo. Foi instituído santuário em 2017, confiado pelo bispo aos cuidados dos frades menores capuchinhos.

Com o seu lema “Não eu, mas Deus”, o Bem-aventurado Carlo se espelha em São Francisco e traduz muito bem o despojamento mais difícil e o mais importante de todos: despojar-se do ego, do orgulho, da presunção, da soberba, da vaidade. Podemos dizer que no dia do seu despojamento, São Francisco deixou de “ser fotocópia” do pai Pedro de Bernardone e da sua sociedade e passou a “ser original” conforme o projeto do Pai celeste, explica frei Carlos Acácio. “Para citar uma das frases preferidas de Carlo: ‘Todos nascem originais, mas muitos morrem como fotocópias’”.

A mãe do bem-aventurado conta que Carlo sonhou com São Francisco que lhe pedia para ajudá-lo a despertar o amor por Jesus na Eucaristia. E Carlo levou isso muito a sério e com grande paixão. Ele buscava compartilhar o grande tesouro que descobriu: Jesus Cristo, utilizando uma das coisas que mais gostava: a tecnologia da informação.

Por isso, nada mais significativo do que, em 2022, usar a tecnologia para promover o Reino de Deus a partir de Carlo Acutis. Um apaixonado pela internet, que também utilizava o que a tecnologia lhe oferecia na época a serviço de Deus. Ele criou um site sobre os milagres eucarísticos, compartilhando a alegria de um encontro com Jesus. O que lhe conferiu a fama de “ciberapóstolo” da Eucaristia.

Um presente para Carlo Acutis
Foi no dia da cerimônia de beatificação de Acutis, em 10 de outubro de 2020, que a família Queiroz, aqui no Brasil, conheceu o ciberapóstolo. Anderson, Fernanda e os pequenos Luiz Antônio e Raquel assistiam ao evento pela TV quando aquele jovem chamou a atenção do menino. “O Luiz Antônio ficou muito impressionado, quis entender o que estava acontecendo, quem era o menino e a gente começou a explicar. Ele ficou muito emocionado”, conta Anderson.

A partir dali, o interesse pelo jovem tomou conta da família inteira. “Toda vez que a gente reza o terço em casa, ele pede a intercessão do Carlo Acutis, sempre fala do bem-aventurado. Com isso, eu passei a ter um carinho por ele também. E comecei a conhecer mais sua história e vi que tem uma relação muito forte com o Brasil”, afirma o pai.

Observando que ainda não existia nenhum aplicativo do bem-aventurado, Anderson pensou na graça que seria desenvolvê-lo, já que esse é um dos serviços oferecidos por sua agência de comunicação. “Um presente para Acutis, uma relação ainda maior com ele, e um presente também para o nosso filho Luiz Antônio”, conta.

Foi aí que Anderson, a partir do contato de um amigo frei que trabalha em Londrina, frei Silvio Cesar Ferreira, OFMCap, conseguiu se comunicar com frei Carlos Acácio, reitor do Santuário do Despojamento, em Assis, e fez a proposta do aplicativo para o Bem-aventurado Carlo Acutis.

Em contato com a direção da fundação do Santuário e a Associação de Amigos de Carlo Acutis, instituição oficial ligada à família do bem-aventurado, o frei conseguiu a aprovação para a criação do aplicativo e, sob a intercessão do Bem-aventurado Carlo Acutis, começaram os trabalhos. “Para o bem da Igreja, bem das almas, bem dos jovens... Vamos colocar a tecnologia para o serviço do Reino de Deus, como queria o bem-aventurado”, destaca frei Carlos Acácio.

Durante o caminho, novas bonitas coincidências aconteceram. Uma delas é que o aplicativo foi aprovado no dia 30 de junho de 2021, dia das mídias sociais e aniversário da agência responsável pela criação do aplicativo. A equipe recebeu a notícia momentos antes da missa em Ação de Graças pelo aniversário da empresa. “Não são coincidências, são providências, sinais de Deus que alegram nosso coração, com Carlo que vai abrindo as estradas”, destacou frei Carlos.

Lançamento
O aplicativo do Bem-aventurado Carlo Acutis e do Santuário do Despojamento, que está em fase de desenvolvimento, será lançado no dia 12 de outubro em uma cerimônia no Santuário em Assis, com transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Deixe uma resposta

dezessete − 12 =