“Fronteira solidária e acolhedora”: Equador e Peru contra o tráfico e a exploração

XI Reunião Binacional da Pastoral para a Mobilidade Humana, se realizará na cidade de Loja, no Equador, de 30 de setembro a 2 de outubro.

Por Agência Fides

ng4376090A dramática situação de um grupo considerável de vítimas do tráfico de seres humanos de ambos os países, na região de fronteira entre Equador e Peru, será o tema principal da XI Reunião Binacional da Pastoral para a Mobilidade Humana que, com o tema "Fronteira inclusiva, solidária e acolhedora", se realizará na cidade de Loja, no Equador, de 30 de setembro a 2 de outubro.

A nota enviada a Fides pelo CELAM destaca que o encontro servirá para trocar experiências de trabalho, ações e atividades de prevenção, além das modalidades para a inserção profissional das vítimas salvas das mãos dos grupos organizados, que as usaram para a exploração sexual e laboral.

As delegações dos dois países latino-americanos participam não somente com delegações eclesiais (Caritas e Conferência Episcopal), mas também com representantes do Ministério do Interior e das Migrações (da parte peruana) e do Ministério do Interior e do Exterior (da parte equatoriana).

Os Bispos do Peru poucos dias atrás publicaram um documento de denúncia do tráfico, em que sinaliza que somente de janeiro a abril deste ano de 2015 houve 330 casos de tráfico de pessoas, denunciados oficialmente, que envolveram um total de quatro mil vítimas, mas o número poderia ser muito mais alto considerando os numerosos casos não denunciados.

Fonte: www.fides.org

Deixe uma resposta

3 × três =