Aumenta o número de católicos, mas diminuem os seminaristas

A vida da Igreja Católica pode ser conhecida através do Anuário Pontifício 2024 e do Annuarium Statisticum Ecclesiae 2022, que fornecem dados de 1º de dezembro de 2022 a 31 de dezembro de 2023 sobre a evolução do catolicismo no mundo. Estes documentos, divulgados nesta sexta-feira, 5 de abril, pelo Vatican News, mostram que o número de católicos batizados em todo o mundo aumentou de 1.376 milhões em 2021 para 1.390 milhões em 2022. Em África, o número de católicos subiu de 265 milhões para 273 milhões. Na Europa, há estabilidade: em 2021 e 2022, o número de católicos é de 286 milhões. Na América e na Ásia há um crescimento de católicos, em consonância com o desenvolvimento demográfico.

A diminuição de padres mantém-se

O número de bispos durante o biênio 2021-2022 subiu de 5.340 para 5.353. Esse crescimento verifica-se na África e Ásia. Houve estabilidade nos Estados Unidos da América (EUA) e na Oceania, e uma ligeira descida na Europa. O ano de 2022 assinala uma nova diminuição no número de padres em comparação com o ano anterior, continuando assim a tendência de queda verificada a partir de 2012. O número de diáconos permanentes aumentou, passando de 49.176 para 50.150, e está a crescer em todos os continentes.

Maior aumento de religiosas registra-se em África

Os religiosos que fazem votos de consagração mas que não são padres são cada vez menos a nível global: eram 49.774 em 2021, e passaram para 49.414 em 2022. As religiosas formam um grupo mais sólido: em 2022 ultrapassaram o número de padres em todo o planeta em quase 47 por cento, mas atualmente estão a diminuir. A nível global, passaram de 608.958 em 2021 para 599.228 em 2022. África é o continente com maior aumento de religiosas, que passou de 81.832 em 2021 para 83.190 em 2022.

Seminaristas diminuem seis por cento na Europa

O declínio do número de vocações sacerdotais verificado desde 2012 mantém-se. A crise vocacional que atinge a Europa desde 2008 não parece estagnar: no biênio 2021-2022, o número de seminaristas diminuiu seis por cento. Dos 108.481 seminaristas de todo o mundo em 2022, o continente com maior número de seminaristas é o africano. O Anuário Pontifício 2024 e o Annuarium Statisticum Ecclesiae 2022 são publicados pela Tipografia Vaticana. O trabalho editorial é levado a cabo pelo Escritório Central de Estatística da Igreja.

Fonte: Fátima Missionária

Deixe uma resposta

12 + 5 =