Encontro da Juventude Missionária da Diocese de Borba (AM)

A Juventude Missionária (JM) da Diocese de Borba, iluminada pelo Espírito Santo, esteve em formação nos dias 22 e 23 de março de 2024, no Centro de Formação Mater Christi, em Borba, sede da Diocese.

O encontro contou com a participação dos jovens protagonistas da missão, da assessora estadual Waldemira Rodrigues Silva, da referencial diocesana da Juventude Missionária, Ir. Silvana Pauletti, e da Coordenação de Pastoral Diocesana, representada por Ademir Jackson e Ir. Aldinéia de Sá Linhares Bessa.

As atividades formativas tiveram início com a celebração da Santa Missa na Comunidade São Sebastião/Paróquia Santo Antônio, presidida pelo Pe. Jair Vieira Alves. Durante a homilia, Pe. Jair destacou a importância dos jovens na Diocese e agradeceu a disponibilidade de todos para este importante avanço diocesano. Sua reflexão baseou-se no Evangelho de São João 10, 31-42, cujo tema central é a tensão, fruto da incompreensão dos judeus, que têm o coração fechado e não acolhem a mensagem de Jesus. Eles não reconhecem as ações e palavras de Jesus como ações divinas, por isso, querem apedrejá-lo.

Após a celebração, os jovens participaram de uma roda de conversa onde foram abordados temas como sinodalidade e a definição da Juventude Missionária (JM). Pe. Jair ressaltou que sinodalidade significa caminhar juntos na unidade. Além disso, foi apresentado que a Juventude Missionária faz parte da Pontifícia Obra da Propagação da Fé, obra fundada pela leiga, Paulina Maria Jaricot (1799-1822), em 03 de maio de 1822, em Lyon (França), tornando-se Obra Pontifícia, isto é, do Papa e da Igreja Universal, em 1922, sendo hoje uma das quatro Pontifícias Obras Missionárias (POM). Após a roda de conversa, foi motivada a temática da importância do assessor de grupo, momento trabalhado pela assessora Waldemira Rodrigues, onde a mesma organizou os jovens em grupos, com a finalidade de elaborarem uma apresentação sobre a temática.

No segundo dia, os jovens continuaram as atividades com uma reflexão sobre o significado e a história da JM. Em seguida, houve a preparação para a eleição da Coordenação Diocesana da JM. Waldemira Rodrigues apresentou as orientações e critérios para a eleição dos coordenadores conforme as diretrizes da Obra Pontifícia. Foram eleitos os jovens: Mirlem Silva Matos, coordenador Diocesano, Antônio Itallo Goés Soares, Vice-coordenador, Icleia da Silva Assunção Neta, Secretária e Gabriel Bentes de Souza, Tesoureiro.

Após as eleições, todos participaram da Missa de envio da nova coordenação e dos jovens participantes no Santuário/Catedral da Diocese de Borba. A celebração foi presidida por Dom Zenildo Luiz Pereira da Silva, Bispo Diocesano, que resumiu sua reflexão nos três pilares para a Semana Santa: Palavra, Cruz e Luz. Ao final da missa, houve o envio oficial dos coordenadores e jovens, e a foto oficial do encontro. Agradecemos a Deus por esse momento de graça e importância para nossa Diocese!

Fonte: POM

Deixe uma resposta

nove − 2 =