​​Pároco de Gaza: já foram duas ligações telefônicas com o Papa, está sempre em contato conosco

Padre Gabriel Romanelli recebeu duas ligações do Pontífice desde o início da guerra para saber o que está acontecendo na Faixa de Gaza, atingida por bombardeios israelenses após os ataques terroristas do Hamas. Não há mortos ou feridos na comunidade cristã, que está hospedando 150 famílias deslocadas.
Por Michele Raviart

O Papa Francisco está constantemente acompanhando o que está acontecendo em Gaza, e tem entrado em contato com a pequena comunidade cristã por telefone. Isso foi revelado ao Vatican News pelo pároco padre Gabriel Romanelli, que no momento está em Belém, e mesmo assim permanece em constante contato com os fiéis. "O Papa me ligou há poucos minutos, para manifestar sua proximidade e suas orações, e nós lhe agradecemos pelo apelo ao cessar-fogo e contra toda violência, todo terrorismo e toda guerra. O Santo Padre quis expressar exatamente a sua presença, e disse que entraria diretamente em contato com a comunidade paroquial através do meu vigário, e para ter contato com as pessoas que estão refugiadas na paróquia”.

Nenhuma morte na comunidade cristã

Na paróquia de Gaza há, de fato, cerca de 150 pessoas que perderam suas casas ou estão procurando um lugar seguro contra os bombardeios, embora, explica padre Romanelli, os ataques afetem todo território. Nenhuma morte e nenhum dano na comunidade cristã. Em toda a Faixa de Gaza, há 770 mortos e mais de 4.000 feridos devido aos ataques israelenses em resposta aos ataques terroristas do Hamas. “O Papa Francisco também ligou na segunda-feira, para saber como estavam as pessoas e a paróquia, e deu sua bênção para que todos experimentassem a proximidade da Igreja”, afrmou o pároco.

Fonte: Vatican News
TagsGuerra

Deixe uma resposta

quatro × cinco =