Juventude Missionária realiza encontro de formação no Amazonas

Nos dias 04 a 06 de agosto aconteceu no distrito de Canumã, paróquia Nossa Senhora do Rosário, Diocese de Borba (AM), o encontro de formação para a Juventude Missionária, com o tema “Ide! Da Igreja local aos Confins do mundo” e o lema “corações ardentes, pés a caminho” ( Lc 24,32).

O encontro formativo contou com os jovens de Manaus, o coordenador estadual da Juventude Missionária, o jovem Cleanderson, a jovem Ana Alice, a coordenadora estadual da IAM , Hallana Lobato, e o secretário nacional da Obra da Propagação da Fé, Pe. Genilson Sousa.

A formação foi destinada aos representantes das comunidades que estão articulando a atividade da Juventude Missionária, representantes da Infância e Adolescência Missionária e jovens da JM. Além de proporcionar um intercâmbio com os jovens de Manaus e de Canumã, possibilitou conhecer melhor a obra da Propagação da Fé através da atividade da JM, tanto no encontro com assessores e coordenadores quanto aos jovens participantes.

Na sintonia com o ano vocacional e o Congresso Missionário Nacional, a temática levou os participantes a refletirem sobre o chamado, a graça e a missão na igreja local e o ardor universal de todo batizado. Pe. Genilson destacou que a atividade e as obras missionárias tem a missão em despertar em cada cristão a consciência missionária na comunidade no espírito de universalidade, pois isso é ser cristão católico, um jovem católico. É ser presença viva, ressuscitada em todas as realidades do mundo, vivendo o mandato de Jesus: ide e fazei discípulos todos os povos (Mt 28,20).

O encontro foi articulado com as irmãs Silvana e Elsa, responsáveis pela paróquia Nossa Senhora do Rosário com a sua rede de comunidade. Além da formação, os jovens participaram de estudo em grupo sobre a mensagem do papa, estudo em grupo com os assessores sobre a importância da atividade e implantação nas comunidades, animação, momento cultural, terço missionário.

Pe. Genilson, além da formação, teve a oportunidade de visitar e celebrar a missa dominical na aldeia do povo Parawá, Ribeirinhos do rio Canumã. As atividades em Canumã foram concluídas com a celebração eucarística com a comunidade, solenidade da Transfiguração do Senhor. Foi um momento oportuno da apresentação das obras missionárias a comunidade e a participação de todos na missão de Deus através da oração, serviço e a solidariedade material. “Somos a família de Jesus na comunidade, a comunidade cuida, zela, reza, e é solidária com a evangelização na comunidade local e em comunhão e solidariedade com várias comunidades do mundo através da oração e partilha no dia mundial das missionária.

Fonte: POM

Deixe uma resposta

5 × quatro =