Encíclicas sociais da Igreja Católica

Elas foram lançadas por diferentes papas e abordam as principais questões sociais de cada época - ou de todas as épocas.

Por Philip Kosloski

A partir do século XIX, os papas começaram a usar suas cartas encíclicas para abordar questões sociais complexas do seu tempo. Cada papa abordou uma questão diferente, mas sempre construindo sobre o legado que os pontífices anteriores criaram.

Rerum-NovarumRerum Novarum
Em 15 de maio de 1891, Leão XIII escreveu a Rerum Novarum (As Inovações), denunciando as condições desumanas de trabalho da classe operária.

Quadragesimo Ano
Passados 40 anos da Rerum Novarum, Pio XI reiterou em 15 de maio de 1931 os pontos principais apresentados pelo seu predecessor. Por isso é que esta encíclica se intitula Quadragesimo Anno, já que se refere ao quadragésimo aniversário da histórica encíclica de Leão XIII. O papa Pio XI continua a desenvolver a posição da Igreja em relação aos trabalhadores, além de comentar a ordem social.

Mater et Magistra
Em 15 de maio de 1961, São João XXIII escreveu a Mater et Magistra (Mãe e Mestra) sobre o progresso social. Ele também se baseou no trabalho do seu predecessor e continuou a insistir nos direitos dos indivíduos e na sua relação com o Estado.

Pacem in Terris
Em 11 de abril de 1963, São João XXIII publicou a Pacem in Terris (Paz na Terra), destacando ainda mais os direitos dos indivíduos na sociedade.

Populorum Progressio
São Paulo VI publicou a Populorum Progressio (O Progresso dos Povos) em 26 de março de 1967, para tratar do desenvolvimento dos povos. Novamente, o texto se baseia nas encíclicas anteriores e reitera a resposta da Igreja às questões prementes da sociedade.

Laborem Exercens
São João Paulo II escreveu a Laborem Exercens (O Exercício do Trabalho) em 14 de setembro de 1981 para reforçar os ensinamentos da Igreja sobre os direitos dos trabalhadores e sobre a solidariedade. A data prevista para publicação era 15 de maio, mas teve de ser adiada devido ao atentado cometido dois dias antes na Praça de São Pedro contra a sua vida, em 13 de maio, dia de Nossa Senhora de Fátima.

Centesimus Annus
Em 1º de maio de 1991, São João Paulo II lançou a Centesimus Annus, por ocasião do centésimo ano da Rerum Novarum, para consolidar ainda mais os princípios daquela encíclica e aplicá-los ao tempo atual.

Caritas in Veritate
O Papa Bento XVI publicou a Caritas in Veritate (Caridade na Verdade) em 29 de junho de 2009, destacando o conceito de caridade e como ela deve impactar todos os aspectos da sociedade.

Laudato Si’
O Papa Francisco lançou a Laudato Si’ (Louvado Sejas) em 24 de maio de 2015 para abordar os amplos desafios sociais causados pela má administração da criação.

Fratelli Tutti
O Papa Francisco escreveu a Fratelli Tutti (Todos Irmãos) em 3 de outubro de 2020, procurando aplicar os muitos princípios dos seus predecessores ao mundo atual, assolado à época pela pandemia de covid-19.

Deixe uma resposta

9 − 9 =