Festa da Fundação: Foi Nossa Senhora a fundá-la, e o começo veio de Deus

Por Jaime Carlos Patias

O IMC foi fundado pelo Bem-aventurado José Allamano, padre da diocese de Turim, norte da Itália, em 29 de janeiro de 1901, para a missão Ad Gentes – aos povos. Tudo começou aos pés de N. S. Consolata, no seu Santuário, e já em 1902, Allamano enviou seus primeiros quatro missionários ao Quênia, na África. Hoje o IMC conta com 950 missionários, entre os quais, 45 Irmãos e 14 bispos, provenientes de 26 países. Em 1910, Allamano fundou também a Congregação das Irmãs Missionárias da Consolata, com o mesmo carisma.
Allamano costumava dizer: “Esta casa pertenceu a Deus desde o começo, é realmente dele, como um campo é do seu proprietário. (...) Foi Nossa Senhora a fundá-la, e o começo veio de Deus”. Por isso é um dia para:
1. Dar graças a Deus pelo dom concedido a nós e à Igreja, pela obra de Evangelização, pelo bem que realiza por meio dos seus missionários e missionárias em 28 países da África, Ásia, Europa e América.

2. Pedir o dom da perseverança, da unidade e comunhão - o Espírito de Família.

3. Pedir a graça da fidelidade ao Carisma e fortalecer a Identidade: centralidade do Reino; o Espírito de Jesus - na Eucaristia; santidade de vida; amor à Igreja e devoção a Nossa Senhora, que apresentou ao mundo a verdadeira Consolação, Jesus Redentor.

Que pela intercessão do Bem-aventurado José Allamano e das Bem-aventuradas Irene Stefani e Leonela Sgorbatti, sejamos capazes de buscar primeiro o Reino de Deus e na nossa vida, viver e anunciar as Bem-aventuranças do Reino.

Jaime C. Patias, IMC, Conselheiro Geral para América.

Deixe uma resposta

13 − 9 =