Arquidiocese de Montes Claros (MG) prepara implantação de Conselhos Missionários Paroquiais

A Igreja nasce e existe para a missão

Por POM, com informações do Comire, Regional Leste 2 da CNBB

0 0 0 0 ass montes

“A Igreja nasce e existe para a missão”. Esta foi uma das afirmações mais repetidas na 1ª Assembleia Missionária da arquidiocese de Montes Claros (MG). O evento teve como objetivo refletir sobre animação missionária a partir da implantação de Conselhos Missionários Paroquiais (Comipas).

A Assembleia foi realizada na Casa de Pastoral da arquidiocese, no bairro Santo Antônio, em Montes Claros (MG), nos dias 10 e 11 de junho.

O evento teve início com a oração do Terço Missionário, contextualizando a realidade missionária de cada continente. Em seguida padre Pedro, assessor do Conselho Missionário Diocesano (Comidi), fez um momento de acolhida dos participantes por setores. “A finalidade dessa Assembleia é a compreensão do que é Comipa e os passos para sua implantação nas paróquias”, explicou o sacerdote.

Irmã Maize Silva, representante do Conselho Missionário Regional (Comire) Leste 2 da CNBB, falou aos participantes sobre o verdadeiro conceito de Missão, destacando aspectos importantes na Animação Missionária.

No segundo dia a Assembleia Missionária ganhou mais participantes, chegando a mais de 100 missionários. As atividades começaram com a celebração eucarística presidida por dom José Alberto Moura, arcebispo de Montes Claros (MG), que incentivou os presentes a viverem intensamente a vida missionária aqui para sustentar a missão até os confins da terra.

Depois da missa os missionários foram subdivididos em grupos para estudarem o Documento 108 da CNBB: Missão e Cooperação Missionária. A tarde foi reservada para reflexão dos próximos passos para concretizar a implantação dos Comipas pela arquidiocese.

Fonte: POM
TagsPOM

Deixe uma resposta

sete + 15 =