4ª Jornada Nacional da IAM na Diocese de São Miguel Paulista

A Jornada Missionária é um evento aguardado pelas crianças e adolescentes. É um momento de confraternização dos grupos da Infância e Adolescência Missionária, que saem às ruas para testemunharem sua fé e seu compromisso concreto.

Por Garotada Missionária

Fundada na França no dia 19 de maio de 1843, a Pontifícia Obra da Infância e Adolescência Missionária (IAM) completará 173 anos de fundação. Para celebrar a data será realizada em todo o Brasil a 4ª Jornada Nacional, que este ano tem como tema: “IAM do Brasil a serviço da missão na Europa”.
Na Diocese de São Miguel Paulista, em São Paulo (SP), a celebração será no dia 28 de maio, com a realização do Bate Latas Missionário, que percorrerá mais de dois quilômetros entre os bairros de Itaquera e Guaianases; finalizando com a celebração da Santa Missa, onde as crianças e adolescentes renovarão sua consagração e ofertarão seus cofrinhos missionários que, este ano, serão destinados a projetos missionários no continente europeu.

jornada_sao_miguel_2015 (1)“A Jornada Missionária é um evento aguardado pelas crianças e adolescentes da Diocese de São Miguel Paulista. É um momento de confraternização dos grupos da Infância e Adolescência Missionária, que saem às ruas para testemunharem sua fé e de compromisso concreto, já que é neste encontro que os membros da IAM levam suas ofertas, coletadas durante todo o ano no cofrinho missionário, para as crianças que mais precisam.”, informa Rodrigo Alves Piatezzi, coordenador diocesano da Obra.
O evento terá início às 8h na Paróquia de Santo Agostinho (Rua Roberto Medeiros, 265 - Itaquera). São esperados mais de 500 participantes de diversas paróquias da Diocese de São Miguel Paulista.
Mais informações e a programação completa no blog: http://garotadamissionaria-saomiguel.blogspot.com.br/

A Infância e Adolescência Missionária
A Pontifícia Obra da Infância Missionária foi fundada em 1843 pelo bispo francês Dom Carlos Forbin Janson. A motivação principal para a sua fundação foram as cartas e notícias que missionários, principalmente da China, escreviam ao bispo, contando a realidade triste e dura das crianças dos países de missão: doenças, mortalidade, analfabetismo, abandono.

Diante destes problemas, Dom Carlos teve a ideia original de empenhar as próprias crianças da França na solução dos problemas dos colegas da China, convidando-as a rezar uma Ave Maria por dia e a doar uma moeda ao mês, suscitando o espírito missionário universal nas crianças e adolescentes e desenvolvendo seu protagonismo na solidariedade. Hoje, a Obra está presente em todos os continentes, em mais de 130 países.

Fonte: garotadamissionária-saomiguel.blogspot.com.br
TagsIAM

Deixe uma resposta

18 − 16 =