III Congresso das Novas Gerações em Brasília

Seminarista da Consolata participou do III Congresso das Novas Gerações da Vida Consagrada em Brasília e relata a experiência.

Por Josky Menga Makanda

Depois da realização do II Congresso das Novas Gerações, no Santuário Nossa Senhora da Conceição Aparecida em 2013, a Conferência dos Religiosos do Brasil – CRB Nacional organizou pela terceira vez o Congresso das Novas Gerações da Vida Religiosa Consagrada em Brasília entre os dias 6 e 9 de fevereiro.

congressovidareligiosa2O III Congresso teve como tema “#compartilheaalegria” e o lema “Venham para fora” (Jo 11, 43). Aproximadamente 500 religiosos e religiosas de todo o país participaram, entre bispos, padres, diáconos, seminaristas e freiras. Os participantes foram provocados a pensar como está a Vida Religiosa Consagrada - VRC e a assumir com alegria e paixão o ser religioso ou religiosa.

Algumas pistas foram apresentadas no Congresso, no intuito de que todos partilhem a alegria e mantenham o mesmo brilho no olhar de quando ingressaram na vida religiosa, ou seja, a alegria deve continuar a existir sempre, nas comunidades respectivas. O evangelho de João e o convite considerado como chamado incisivo de Jesus para que Lázaro saia para contemplar a realidade desafiadora de seu tempo, foram os instrumentos de trabalho utilizados nas reflexões do evento. Os religiosos se sentiram animados a realizar essa dinâmica, escutando a voz de Jesus que chama a arriscar-se a sair.

Foi marcante um momento da caminhada pelas ruas de Brasília, com alegria nos rostos e no coração de cada religioso das novas gerações cantando e pedindo a Deus uma sociedade edificada no amor e na justiça, fazendo memória de tantos mártires que ousaram sair, seguindo o exemplo de Jesus.

Dos quatros pontos do país (de norte a sul, leste a oeste) os religiosos se fizeram presentes para refletir, fazer, aprender e encontrar. Com a fala do papa Francisco que diz “aonde há religioso ou religiosa, há alegria” a presença de cada um foi um viver o lema do Congresso, pois compartilhou-se a alegria em cada momento do evento.

Ao término do evento, todos saíram revigorados, animados pelas celebrações, provocações e oficinas com diferentes temas que tocaram a realidade religiosa de cada um. O intuito é que todos possam viver diariamente o sair e compartilhar a alegria, além da virtual, no encontro com o outro que me desafia.

Um compromisso foi assumido pelos religiosos e religiosas presentes: que todos devem ser pessoas alegres e que levem alegria ao mundo, vivendo autenticamente o seu compromisso sem artificialidade e com convicção e brilho nos olhos, na certeza de que podem mudar o mundo com o seu gesto do amor.

Josky Menga Makanda, seminarista da Consolata.

Deixe uma resposta

5 × um =