Missionário português da Consolata é sepultado na Etiópia

Corpo do padre Carlos Domingos, o missionário da Consolata que sofreu um trágico acidente no início do ano, foi sepultado no cemitério da missão de Gambo, na Etiópia.

Por Fátima Missionária

O funeral do padre Carlos Domingos, missionário da Consolata português, realizou-se esta terça-feira, 5 de janeiro, na missão de Gambo, na Etiópia. Depois das celebrações religiosas, o corpo foi sepultado no cemitério local, segundo informações do Conselho Geral do Instituto Missões Consolata (IMC).

carlos_domingos15-00008Num comunicado enviado a toda a comunidade da Consolata, os membros do Conselho Geral lamentam a perda do sacerdote e pedem união na oração em sua memória. "Se humanamente continuamos estupefactos, com a ajuda de nossa fé, temos de superar este momento e olhar para a frente com um sentimento de esperança. Através da fé, somos chamados a acreditar que a morte não é o fim, mas apenas uma transformação. Assim, acreditamos que o padre Carlos transformou somente a sua condição de vida", pode ler-se no documento.

Carlos Domingos, de 53 anos, natural de Sertã, exercia o seu ministério apostólico em Adis Abeba, Etiópia, desde 2014. Na tarde do dia 2 de janeiro, durante um passeio com amigos italianos a uma cascata nas proximidades da missão de Gambo, caiu num penhasco com cerca de 20 metros, depois de se ter desequilibrado ao tentar procurar o melhor ângulo para fazer uma fotografia, uma das suas grandes paixões.

Após bater com violência nas rochas, desapareceu nas águas profundas da lagoa formada junto à cascata, e só foi resgatado dois dias depois, com o auxílio dos mergulhadores do exército etíope. A direção do IMC, agradece, por isso, "a todos os que trabalharam para garantir a recuperação do corpo do missionário" e permitir que lhe fosse feito um funeral adequado.

Na mesma mensagem, são endereçadas as condolências e a solidariedade fraterna "aos confrades da Etiópia e de Portugal, e à família do padre Carlos, por esta perda acidental. Que a Nossa Senhora da Consolata, o Bem-aventurado José Allamano e a Bem-aventurada Irene Stefani sejam intercessores de consolação e misericórdia para todos e que o Senhor dê descanso eterno ao padre Carlos Domingos, que nos deixou!"

Fonte: Fátima Missionária

Deixe uma resposta

6 + dezenove =