Incêndio ameaça Terra Indígena Arariboia no sudoeste do Maranhão

A grande preocupação é com grupos de Awa, indígenas isolados que habitam a região e são os mais ameaçados do Brasil, conforme campanha da Survival International

Por Jaime C. Patias

000 a incendio 4_n

Um incêndio de grandes proporções avança sobre a Terra Indígena Arariboia, habitada pelo povo Guajajara, na região sudoeste do Maranhão.

Segundo testemunhas o fogo teria começado no domingo, dia 20, e está queimando as últimas reservas de mata nas proximidades das aldeias Lagoa Comprida, Zutiwa e Angico Torto e Canudal. Os indígenas denunciam a demora do poder público em tomar providencias.
000 a incendio 2

A grande preocupação é com grupos de Awa, indígenas isolados que habitam a região e são os mais ameaçados do Brasil, conforme campanha da Survival International.

Rosimeire Diniz, da coordenação do Cimi em São Luís (MA), relata que hoje, 25, o fogo continua descontrolado e já queima algumas casas da aldeia. A fumaça toma conta das aldeias, os bichos estão morrendo, as casas pegam fogo deixando as famílias desesperadas. “A população pede socorro, pois somente a brigada indígena não está dando conta de combater o fogo que se alastra rapidamente”, afirma Meire Diniz.

Os moradores da região pedem socorro. Um vídeo feito pelos indígenas e publicado pelo Cimi mostra o drama vivido pela população local.
A Terra Indígena Araribóia tem 413 mil hectares e foi homologada em 1990 sendo habitada por cerca de 10 mil indígenas Guajajara.

Fonte: www.pom.org.br

Deixe uma resposta

onze − 4 =