Ipatinga sedia o 7° Encontro Nacional de Fé e Política

Karla Maria, de Ipatinga

Com um sotaque único, os mineiros da cidade de Ipatinga acolhem o 7° Encontro Nacional de Fé e Política. Os trabalhos começaram nesta manhã (28/11) e encerram-se no domingo às 14h.

Com o tema "Cuidar da Vida: Espiritualidade, Ecologia e Missão", dom Odilon Guimarães Moreira, bispo da Docese de Itabira acolheu a todos que chegavam : Sejam Bem Vindos, considerem esta Diocese como sua casa!

Segundo a Secretaria Geral do Evento, reunem-se no Centro Esportivo Cultural 7 de Outubro de Ipatinga, cerca de 3600 pessoas, vindas de 19 estados.

Em sua sétima edição, o Encontro de Fé e Política quer contribuir, em sintonia com a Campanha da Fraternidade deste ano, "Fraternidade e Segurança Pública", para que todos os cristãos, homens e mulheres, sejam sujeitos protagonistas de uma nova sociedade, segura e justa.

Marcado pelo diálogo inter-religioso, pela participação de lideranças religiosas, indígenas e políticas, destaca-se no Encontro o cuidado especial aos deficientes auditivos, com tradução simultânea em libras.

Neste momento, 12h30 acontece a plenária com a presença de Patruis Ananias, Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Chico Alencar - Deputado Federal do Rio de Janeiro e Delze dos Santos Laureano, mestre em direito constitucional que integra a REde nacional de Advigados Populares.

À tarde, os participantes se deslocarão para os bairros de Ipatinga, onde serão realizadas as plenárias temáticas, com os seguintes temas: Impasses e Perspectivas do Movimento Sindical, Novos Caminhos da América Latina e Caribe, Espiritualidade e Profetismo, Consciência Planetária, Ética e Transformação Social das Instituições, Poder popular e democracia Participativa, Educação Ambiental, Cidadania e Sustentabilidade, Gênero, raça e Religião, Ecumenismo e Diálogo Inter-religioso, Economia Solidária em Tempos de Crise, Mídia, Globalização e Alternativas, Segurança Alimentar e Políticas Públicas, Juventude na Construção da Cidadania, Terra e Povos indígenas, A Criminalização da obreza, Cuidar da VIda e dos Direitos Humanos, Pensando Uma nova Cidade, Movimentos Organizados e a Relação com os Mandatos Legislativos e Executivos, Àgua como Direito Humano e Reforma Agrária e a Criminalização dos Movimentos.

Ipatinga, a terra do Aço está com uma cor diferente, neste dia 28 de novembro.

Fonte: Revista Missões

Deixe uma resposta

5 + cinco =