Jornada Mundial de Oração pela Igreja na China

Procissões marianas, confirmações, missas e orações: assim os católicos chineses viveram a Jornada Mundial de Oração pela Igreja na China

300 católicos da paróquia de Bailing, dedicada à Bem-Aventurada Virgem Maria, Auxílio dos Cristãos, na diocese de Shantou (província chinesa de Guangdong), receberam hoje, quarta-feira, 24 de maio, o sacramento da Confirmação durante a solene liturgia eucarística celebrada após uma longa e participativa procissão mariana. A paróquia e a comunidade são famosas por estarem localizadas na cidade com a maior comunidade católica da diocese. Sob a proteção materna da padroeira Maria Auxiliadora, os paroquianos de Bailing são conhecidos por sua devoção mariana e fervor missionário. A festa da padroeira também se tornou um momento festivo de manifestação comunitária da fé. Os paroquianos rezaram juntos pela paz, pelas vocações, por um mundo melhor...

Numerosas comunidades católicas da China continental viveram intensamente hoje, 24 de maio, a memória litúrgica da Bem-Aventurada Virgem Maria, Auxílio dos Cristãos, venerada no santuário de Sheshan. Indicada pelo Papa Bento XVI como ocasião para celebrar o Dia Mundial de Oração pela Igreja na China. De acordo com as informações coletadas pela Agência Fides, muitas comunidades católicas chinesas viveram o dia de hoje como o ponto culminante do caminho espiritual do mês mariano, em comunhão com a Igreja universal.

Os católicos da catedral da diocese de Wenzhou (província de Zhejaing) fizeram uma peregrinação de uma semana ao santuário da diocese de Taiyuan (província de Shanxi) de 15 a 20 de maio. Lá, foram recebidos por Paul Meng Ningyou, bispo da diocese de Taiyuan. Eles compartilharam a história e a experiência da comunidade local, ao mesmo tempo em que puderam admirar a beleza dos locais naturais e agradecer a Deus pelo dom da criação, no espírito da Laudato si', segunda encíclica do Papa Francisco, datada de 24 de maio de 2015.

No Santuário de Lushan, na província de Jiangxi, continua o fluxo de peregrinos para o mês mariano. Padres e religiosas do Centro de Espiritualidade Matteo Ricci do Santuário também estão cuidando da assistência logística (cozinha, limpeza de quartos) aos peregrinos das províncias de Shanxi, Fujian, Shandong e Pequim.

Comunidades católicas ao redor do mundo responderam ao convite do Papa Francisco para rezar pela Igreja na China. Em Roma, no Palazzo di Propaganda, sede da Seção para a Primeira Evangelização e as Novas Igrejas Particulares do Dicastério para a Evangelização, toda a comunidade de trabalhadores rezou diante da imagem da Santíssima Virgem Maria, Auxílio dos Cristãos, conhecida como Nossa Senhora de Sheshan.

Fonte: Fides
Foto: jcomp no Freepik

Deixe uma resposta

sete + 7 =