Diocese de Alto Solimões realiza encontro em preparação ao 15° Intereclesial das CEBs

A Diocese do Alto Solimões realizou, entre 5 e 7 de maio, um encontro em preparação ao 15° Intereclesial das CEBs, que acontecerá em Rondonópolis de 18 a 22 de julho de 2023. Mais de 40 pessoas das paróquias de Tabatinga, Belém do Solimões, Atalaia e Benjamim Constant se reuniram no Centro de Formação da Diocese, em Tabatinga.   

Durante o encontro, os participantes discutiram o texto base do 15º Intereclesial, sendo apresentada a cartilha de encontros de reflexão para as comunidades eclesiais de base em preparação ao Intereclesial. Ao longo do encontro também refletiram sobre as “Cebs como Igreja em saída, na busca da vida plena para todos e todas”, tendo como iluminação bíblica: “Vejam! Eu vou criar novo céu e uma nova terra” (Is 65,17ss). 

A atividade contou com a participação do bispo diocesano, Dom Adolfo Zon, eleito bispo referencial das CEBs no Regional Norte I da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), na 60ª Assembleia da CNBB, em Aparecida (SP). Dom Adolfo lembrou que a dinâmica pastoral e evangelizadora das paróquias depende da animação das comunidades. Ele fez referência ao Documento de Santarém, que em 1972 reconheceu as comunidades cristãs de base como o melhor modo para evangelizar o nosso povo ribeirinho e das periferias da Amazônia.  

Com a assessoria do Irmão Daniel Niño, os participantes do encontro fizeram um exercício pratico de leitura bíblica para entender a organização de algumas das Igrejas que Paulo Apóstolo fundou e assim melhorar a organização e o funcionamento das comunidades na Amazônia.  

O encontro foi encerrado com a celebração da Eucaristia com a comunidade vizinha ao local do encontro. Uma oportunidade para lembrar a necessidade de seguir nas Cebs como verdadeiros irmãos e irmãs na busca do Bem Viver, porque “a fraternidade é a face humana do amor de Deus”, segundo lembra Carlos Mesters. 

*REPAM-Brasil com informações de Luis Miguel Modino, assessor de comunicação CNBB Norte1 e  Pe. Carlos Alberto Pinto da Silva. 

Deixe uma resposta

vinte − 17 =