Papa Francisco pede orações pela paz na Ucrânia

Durante Regina Coeli, Papa Francisco pede orações pela paz na Ucrânia e recorda acordo histórico na Irlanda do Norte.

Por Redação

O Papa Francisco, em suas saudações durante a oração do Regina Coeli, fez um novo apelo aos fiéis para que orem pela paz, principalmente na Ucrânia. A preocupação do líder religioso surge após uma noite em que alarmes de mísseis foram acionados em várias partes do país, além da notícia de um vazamento de documentos confidenciais do Pentágono sobre a guerra no Leste Europeu nas redes sociais.

O Pontífice também aproveitou para lembrar os 25 anos do "Acordo de Sexta-feira Santa ou de Belfast", que pôs fim à violência que assolou a Irlanda do Norte durante décadas. "Com espírito de gratidão, peço ao Deus da paz que o que foi alcançado naquela passagem histórica seja consolidado em benefício de todos os homens e mulheres da Ilha da Irlanda", disse Francisco.

Em suas saudações, Francisco desejou ainda uma feliz Páscoa a todos, romanos e peregrinos de vários países, e agradeceu a todos aqueles que enviaram votos de felicitações para ele nestes dias. "Estou especialmente grato pelas orações. Por intercessão da Virgem Maria, que Deus recompense a cada um com seus dons", declarou.

O líder religioso ainda pediu que todos vivam na alegria da fé durante os dias da Oitava da Páscoa, na qual se prolonga a celebração da Ressurreição de Cristo. E perseverem em invocar o dom da paz para o mundo inteiro, especialmente para a Ucrânia, um país que tem sofrido com a violência e os conflitos.

Por fim, Francisco desejou a todos uma feliz segunda-feira do Anjo e pediu que não se esqueçam de rezar por ele. Com essa mensagem de fé e esperança, o Papa busca inspirar os fiéis a continuarem orando pela paz e acreditando em um mundo melhor.

Com informações da VaticanNews

Deixe uma resposta

dezoito − 17 =