A Consolata e Tiago Camisassa

Na Festa da Padroeira, 20 de junho, Superior Geral recorda a relação do padre Tiago Camisassa, Cofundador do IMC, com a Virgem Consolata.

Por Redação

Por ocasião da celebração da Festa de Nossa Senhora Consolata, em mensagem aos missionários, missionárias, leigos, parentes, benfeitores e todos os amigos, o Superior Geral do Instituto Missões Consolata, padre Stefano Camerlengo, lembrou que a festa da Padroeira é uma "excelente oportunidade para todos nós de nos reunirmos, de nos encontrarmos, e de resolvermos tornar-nos melhores, enquanto possível."

camisassaUma vez que este ano a festa é também colorida pela memória celebrativa do padre Tiago Camisassa, o Superior recorda que Camisassa tinha uma relação com a Consolata marcada por um grande sentido de humildade. Esta é uma condição fundamental para ser missionário hoje em dia.

"A força de Camisassa reside precisamente em fazer as coisas silenciosamente e com amor. Um missionário que não ama não dá frutos e permanece estéril", afirma padre Stefano. Toda a vida de Camisassa marchou numa só direção, estava impregnada de missão. O seu coração estava cheio dela e a sua atividade era um reflexo disso.

"Amor por Cristo" é o conteúdo fundamental da missão. A missão é ir, sair, encontrar-se, mas acima de tudo testemunhar. A missão, num certo sentido, pede-nos para ir 'além'. Sempre! Sem 'se' e sem 'mas'. O amor urgente nunca se sente satisfeito, não conhece limites ou fronteiras, está sempre pronto para novas aberturas."É o amor urgente da missão que a torna universal e de dimensões cósmicas", afirma padre Camerlengo em sua mensagem.

Com esses pensamentos do Cofundador Tiago Camisassa, o Superior teve intenção de despertar o amor pelas coisas que interessam: vida e missão. Conclui sua mensagem desejando "boa festa da Consolata, Mãe, Modelo e Fundadora. Que todos sejam inspirados pela humildade para servir ao Senhor, mais amor para que as nossas palavras e ações sejam cada vez mais verdadeiras e a nossa missão seja uma resposta  generosa ao chamamento e à vontade de Deus".

Viva Nossa Senhora Consolata!

Deixe uma resposta

7 − 5 =