CELAM apoia Relatório REPAM sobre violações dos direitos humanos na Amazônia

O Relatório, elaborado pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos e pela própria Repam, documenta casos de violações de direitos humanos em comunidades indígenas no Peru, Equador, Colômbia e Brasil. Retomando as palavras do Papa Francisco, dom Cabrejos Vidarte lembra que "o grito da terra e o grito dos pobres é o mesmo grito", que deveria provocar uma verdadeira mudança de rumo, pois é necessário reconhecer a contribuição da Amazônia e dos povos que a habitam, no cuidado da casa comum

Por Vatican News

O presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), dom Héctor Miguel Cabrejos Vidarte, expressou em carta ao secretário geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, seu apoio ao conteúdo do segundo Relatório sobre os direitos humanos violados nos povos indígenas da Amazônia, que será apresentado pela Rede Eclesial Pan-Amazônica (Repam) ao próprio Almagro esta semana, depois de ter sido apresentado à Onu dias atrás.

"O grito da terra e o grito dos pobres é o mesmo grito"

"É necessário que estas violações dos direitos fundamentais sejam conhecidas e que as autoridades tomem as medidas necessárias para garantir sua plena validade", lê-se na carta do presidente do Celam, que é também arcebispo de Trujillo e presidente da Conferência Episcopal Peruana (CEP).

Retomando as palavras do Papa Francisco, dom Cabrejos Vidarte lembra que "o grito da terra e o grito dos pobres é o mesmo grito", que deveria provocar uma verdadeira mudança de rumo, pois é necessário reconhecer a contribuição da Amazônia e dos povos que a habitam, no cuidado da casa comum, atingida pelas mudanças climáticas e por fenômenos como o extrativismo e a pandemia.

Violências contra nativos no Peru, Equador, Colômbia e Brasil

O Relatório, elaborado pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) e pela própria Repam, documenta casos de violações de direitos humanos em comunidades indígenas no Peru, Equador, Colômbia e Brasil.

Estarão presentes no encontro o arcebispo de Huancayo, no Peru, e presidente da Rede Eclesial Pan-Amazônica (Repam), cardeal Pedro Barreto Jimeno, e o observador permanente da Santa Sé junto à Organização dos Estados Americanos (OEA), monsenhor Juan Antonio Cruz Serrano.

Fonte: VaticanNews / Sir

Deixe uma resposta

5 − cinco =