Papa pede que Igreja saiba escutar os jovens

Francisco recebeu centenas de responsáveis da pastoral vocacional na Itália.

Por Agência Ecclesia

O Papa afirmou que a prioridade da Igreja Católica no campo da chamada pastoral vocacional deve ser escutar os jovens e promover o “discernimento”.

papa-francisco-natal-2016-01Francisco reuniu-se com centenas de responsáveis da pastoral vocacional na Itália, recebidos em audiência na sala Paulo VI, ontem, 5 de janeiro.

A intervenção inicialmente preparada pelo Papa acabou por não ser pronunciada, mas entregue aos participantes e publicada pela sala de imprensa da Santa Sé.

O texto cita Bento XVI para evocar a “confusão” da juventude em relação ao seu futuro, o que exige que a Igreja Católica privilegie a “via da escuta”, sabendo “perder tempo” para auscultar as perguntas e expectativas dos mais novos, com “grande respeito”.

O Papa fala numa Igreja em estado de “missão permanente”, o que exige “audácia” e vontade de ir mais além, superando os medos.

A pastoral vocacional, afirma o papa, deve ter “horizontes amplos” e uma atmosfera de “comunhão”, superando as “resistências do coração humano”.

Deixe uma resposta

16 + dois =