Emocionante despedida do arcebispo de Manaus

Stephen Ngari

Enquanto a Igreja Católica está se preparando para se despedir do Papa Bento XVI, a Igreja de Manaus acabou de celebrar a missa de despedida e de agradecimento ao arcebispo Dom Luiz Soares Vieira, depois de 21 anos do trabalho na arquidiocese de Manaus. Roma ainda não sabe quem vai ser o seu novo bispo que o conclave vai escolher, mas Manaus já sabe quem vai ser seu pastor, Dom Sérgio Castriani. Quando foi nomeado, ele era bispo prelado da prelazia de Tefé, no Amazonas. E no dia 13 de fevereiro, tomará posse na catedral metropolitana de Manaus.

A missa da despedida de dom Luiz aconteceu no Pavilhão de Eventos do Studio 5 Centro de Convenções, Manaus, às 10 horas deste domingo dia 17 de fevereiro. A missa foi presidida pelo próprio arcebispo e concelebrada por oito bispos entre os quais seus dois auxiliares, dom Mário Pasqualotto e dom Mário Antônio, por centenas de sacerdotes que trabalham na arquidiocese e um público de cerca de 7 mil pessoas, segundo os organizadores. Em cada canto se levantavam faixas, cartazes e banners com mensagens de agradecimento e de despedida.

A forte emoção geral que permeou a assembleia, desde o início da celebração, também emocionou o bispo ao iniciar a missa, quando teve que parar por um momento.

Na sua homilia, ele agradeceu a acolhida que recebeu do povo de Manaus e que o fizeram sentir-se mais manauara que paulistano. Comunicou que depois da posse do novo arcebispo vai ausentar-se até ao final do ano e depois voltará, porque aqui se sente em casa como em sua família.

No final da missa, durante as homenagens, dom Roque Paloschi, bispo da diocese de Roraima, representando os bispos da Região Norte da CNBB , fez a homenagem ao colega que está entrando na fase de bispo emérito.

Destacou a contribuição do Dom Luiz desde que chegou à Amazônia no ano de 1984, na diocese de Macapá. Padre Luís Gonzaga de Sousa e Irmã Paulina Pevés Lagos, Sagrada Família, fizeram homenagem em nome dos padres, religiosos e religiosas que trabalham na arquidiocese de Manaus.

Também autoridades civis estiveram presentes para prestar sua homenagem. O vice-governador, José Melo de Oliveira, representou o poder executivo, o deputado Estadual Ricardo Nicolau (PSD), Presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas representou o legislativo e o judiciário foi representado pelo desembargador Ari Moutinho, o presidente do tribunal de Justiça da Amazônia. Todos agradeceram dom Luiz pela presença na Amazônia e o grande serviço realizado por ele durante duas décadas.

Fonte: Revista Missões

Deixe uma resposta

três × cinco =