Grito dos Excluídos e o Plebiscito Popular pelo Limite da Propriedade da Terra

Revista Missões

Na sua 16ª edição, o Grito dos Excluídos 2010 tem como lema "Onde estão nossos direitos? Vamos às ruas para construir um projeto popular".

A 16ª edição do Grito é marcada por duas forças motrizes: a vida e os direitos, por um lado, e a participação no Plebiscito Popular pelo Limite da Propriedade da Terra, por outro.

A ideia é fazer a sociedade brasileira se pronunciar sobre o Limite da Propriedade da Terra, e extrair a informação de que uma parcela consistente da população não aceita mais o latifúndio. Na prática, o plebiscito poderá se reverter num projeto de emenda constitucional para incluir um inciso no artigo 186 da Constituição.

O que posso fazer para contribuir com a campanha e com o plebiscito popular?

• Intensificar a divulgação;
• Ajudar na organização de locais de votação;
• Participar de alguma mesa de votação;
• Votar;
• Assinar o abaixo-assinado que será levado ao Congresso Nacional para que seja votada uma emenda constitucional que determine um limite ao tamanho das propriedades;
• Na hora de escolher seus governantes e representantes para o Senado e a Câmara dos Deputados, votar naqueles que se comprometem a aprovar a Proposta de Emenda Constitucional - PEC 438 que confisca as propriedades onde se pratica o trabalho escravo, e que proponham uma emenda à Constituição para que seja determinado um limite à propriedade;
• Não votar naqueles que sempre defenderam o direito absoluto à propriedade sem se preocupar com os direitos dos outros.

Fonte: Revista Missões

Deixe uma resposta

onze + um =