Cúpula da Amazônia – Diálogos Amazônicos

Nos dias 8 e 9 de agosto, será realizada na cidade de Belém do Pará, a Cúpula da Amazônia reunindo os presidentes de oito países amazônicos. Neste encontro, os presidentes terão um desafio histórico: traçar um novo rumo para as políticas públicas na Amazônia que integre a proteção de suas florestas e seus rios, o uso sustentável da biodiversidade, o respeito aos territórios e direitos dos povos indígenas e de outras comunidades tradicionais, o enfrentamento da pobreza no campo e nas cidades e a promoção do trabalho digno, gerando qualidade de vida para toda sua população.

Considerando o importante papel da Amazônia na manutenção do equilíbrio do clima no continente sul-americano e em todo planeta, esse desafio é também fundamental para o enfrentamento, em nível planetário, da crise das mudanças climáticas!

Mas isso só será possível com o envolvimento de todos os setores da sociedade.  Assim, entre os dias 4 e 6 de agosto de 2023, será realizado em Belém o Diálogos Amazônicos, um conjunto de iniciativas envolvendo a sociedade civil organizada com o objetivo de pautar a formulação de novas estratégias para a região. O evento integrará a programação da Cúpula da Amazônia, com a previsão de que uma síntese de seus resultados seja apresentada por representantes da sociedade civil aos líderes reunidos na Cúpula.

As atividades do Diálogos Amazônicos estão sendo divididas entre plenárias (organizadas pelo Governo Federal, com ampla participação social) e atividades auto-organizadas por entidades da sociedade civil, academia, centros de pesquisa e agências governamentais. Para saber mais sobre o Diálogos Amazônicos, acesse o site oficial aqui.

Nos últimos meses, um conjunto de redes e grupos da sociedade civil do Brasil e países vizinhos têm se mobilizado para que a Cúpula da Amazônia seja o mais bem-sucedida possível, em termos de resultados práticos. Essa mobilização tem incluído, entre outras iniciativas, a apresentação aos governos amazônicos de um conjunto de textos sobre temas essenciais para a Cúpula, por parte do Fórum Social Panamazônico (FOSPA), Rede Eclesiástica da Amazônia (REPAM), Assembleia Mundial pela Amazônia (AMA), e outras organizações parceiras que você pode encontrar aqui.

Um desses textos, sobre “Infraestrutura para o Desenvolvimento com Sustentabilidade Socioambiental” foi elaborado inicialmente pelo GT Infraestrutura e Justiça Socioambiental, em conjunto com redes parceiras no Brasil: Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Desenvolvimento e Meio Ambiente  – FBOMS, Grupo de Trabalho Amazônico – GTA, Observatório do Clima – OC, Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Socioambiental (FMCJS) e Rede Eclesiástica Pan Amazônica – REPAM.  Leia o texto sobre infraestrutura na íntegra aqui e saiba mais sobre a entrega da carta aqui.

No mês de junho, mais de 140 organizações dedicadas à proteção da Amazônia,  enviaram uma carta às autoridades brasileiras e dos outros países amazônicos (Peru, Bolívia, Equador, Colômbia e Venezuela) pedindo participação efetiva dos povos indígenas, comunidades tradicionais e afrodescendentes e da sociedade civil na Cúpula da Amazônia.  Leia a carta em português e espanhol.

Por ocasião do Pré-Fórum Social Pan-Amazônico realizado em  Rurrenabaque, Bolívia, em julho de 2023, foi lançada também a Declaração Internacional: O grito da Amazônia, com propostas para os chefes de Estado da Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela, pedindo a adoção de decisões urgentes para a implementação prática de ações que visam, sobretudo, evitar o ponto de não retorno da Amazônia. Veja as propostas aqui

Logo após o Diálogos da Amazônia, será realizada a Assembleia dos Povos da Terra para a Amazónia, no dia 07 de agosto, na Aldeia Cabana em Belém, como iniciativa liderada pelo FOSPA, REPAM e AMA. Na sequência, será realizada a Marcha dos Povos da Terra para a Amazônia na manhã do dia 8 de agosto. Uma avaliação dos resultados da Cúpula dos Presidentes e uma discussão sobre próximos passos, sob a liderança do FOSPA/REPAM/AMA, serão realizadas no dia 9 de agosto à tarde. Para saber mais sobre essas atividades, veja o site do AMA aqui

Algumas fontes de informação sobre a Cúpula da Amazônia:

Abaixo, você pode assistir (em português e espanhol) o vídeo chamada para a Cúpula da Amazônia, produzido pelo GT Infra, FBOMS, GTA, FMCJS e Conectas Direitos Humanos, em conjunto com o cineasta Todd Southgate, contando com o apoio do Fundo Casa Socioambiental:

Fonte: GT Infra

Deixe uma resposta

três × 3 =