Papa Francisco: a água não pode ser objeto de desperdício ou abuso

No Dia Mundial da Água o apelo do Papa Francisco: “a água não pode ser objeto de desperdício ou abuso ou motivo de guerra, mas deve ser preservada para nosso benefício e para as gerações futuras”.

Vatican News

A água é um recurso natural vital para o ser humano, mas tem se tornado cada vez mais escassa em diversos países do mundo. Em alguns deles, particularmente os mais pobres, ela vem sendo utilizada como arma de guerra, e os ataques a instalações de abastecimento de água se multiplicam como tática para desalojar as comunidades. Vale ainda ressaltar que já estão na casa dos milhões o número de crianças que acabam sofrendo mais com as doenças por falta de saneamento básico, entre outros efeitos negativos desta escassez.

Um apelo universal

O Pontífice ainda relembrou nesta quarta-feira, as palavras de São Francisco de Assis: “Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã água, que é muito útil e humilde, preciosa e casta”. Comentando que nesta oração “sentimos a beleza da criação e a consciência dos desafios que implicam o seu cuidado”.

A Conferência de Nova Yorque

Ao final, recordou a segunda conferência sobre a água da organização das Nações Unidas que está sendo realizada nestes dias em Nova York:
"Rezo pelo sucesso dos trabalhos e espero que este importante evento acelere as iniciativas em favor daqueles que sofrem com a escassez de água, deste bem primário. A água não pode ser objeto de desperdício ou abuso ou motivo de guerra, mas deve ser preservada para nosso benefício e para as gerações futuras”.

Fonte: Vatican News

Deixe uma resposta

17 + onze =