Maior mobilização indígena do país começou hoje, em Brasília

Em sua 15ª edição, o Acampamento Terra Livre (ATL) foi instalado na Praça dos Ipês, no início da Esplanada dos Ministérios.

Por Assessoria de Imprensa

Cerca de quatro mil indígenas, vindos das cinco regiões do país, participam do Acampamento Terra Livre (ATL) que acontece de hoje (24) até sexta-feira (26), em Brasília. Em sua 15ª edição, a maior assembleia indígena do Brasil tem como principal propósito reivindicar que os direitos constitucionais dos povos indígenas sejam respeitados, como o direito à terra e o direito de viver de acordo com o seu modo de vida tradicional.

povosindigenasamazonia1O Acampamento deste ano acontece em um contexto político bastante desafiador, em que o poder Executivo ameaça abrir as terras indígenas para a exploração mineral, o arrendamento e outras atividades que infringem a Constituição Federal, dentre outros graves retrocessos – como a municipalização da saúde indígena e a flexibilização do licenciamento ambiental.

Apesar da autorização para o uso da Força Nacional, concedida no último dia 17 pelo Ministério da Justiça, membros da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) informam que as lideranças vêm à Brasília, novamente este ano, de modo pacífico para exercerem o direito legítimo e democrático de manifestação e também para sensibilizarem a sociedade brasileira sobre o agravamento das violações aos seus direitos e a necessidade do Estado garantir a continuidade de suas existências.

Fonte: CIMI

Deixe uma resposta

seis + 12 =