Nota da FEPAL - Federação Árabe Palestina do Brasil

Sobre o apoio do governo Bolsonaro à Israel.

Por Assessoria de Imprensa

Nossa missão agora é trabalhar com afinco redobrado para unir todos aqueles que vivem no Brasil e acreditam e lutam por uma Palestina livre e soberana.

Somos filhos e netos de imigrantes, refugiados, militantes, grupos e indivíduos solidários à causa. Somos, cada um de nós, vozes ativas contra a violência e os abusos que o povo palestino sofre devido à ocupação de Israel.

bandeirapalestinaisaraelEles tentarão enfraquecer a nossa luta com mentiras e acusações, seguirão negando a nós direitos básicos – como o de ir e vir – enquanto costuram acordos espúrios que nada têm a ver com os interesses nacionais.

Gostaríamos de dizer que não há nada de ideológico em defender a vida, a dignidade e a justiça de um povo ameaçado. Mas há. Infelizmente há. E cada novo revés nos mostra que é fundamental saber qual é o nosso lado na história.

Jerusalém não é nem nunca será a capital de Israel. Considerá-la como tal não é apenas ilegal, é também uma demonstração clara de desprezo pelo direito internacional e pela tradição diplomática brasileira. Uma decisão populista e arbitrária, que não ajuda em nada para a paz, a estabilidade e a segurança na região.

Jamais desejaremos mal para o Brasil, essa terra maravilhosa que sempre nos acolheu tão bem. É um local que todos nós, árabes palestinos, aprendemos também a chamar de nosso, onde fincamos raízes e alimentamos sonhos.

Pedimos apenas o seu apoio, irmãos e irmãs brasileiras, nessa vigília constante, nesse embate permanente por uma Palestina livre. Combateremos mentiras com verdade e informação; intolerância e preconceito com amor; o ódio com perdão.

Ninguém irá calar a nossa luta por justiça.

#PalestinaLivre #Palestina #FreePalestine #Palestine #Jerusalem #BDS

Fonte: Editores RECOs

Deixe uma resposta

um × 2 =