Amigo: coisa pra se guardar...

Quem encontra um amigo fiel, encontra um tesouro. (Eclo 6, 14).

de Carlos Roberto Marques*

Jamais vou esquecer do amigo de adolescência Luiz Cavinatto Neto, o Pitu. Não tínhamos mais que 15 anos quando numa daquelas então obrigatórias abreugrafias - que a gente chamava mesmo é de chapa do pulmão -, o médico me recomendou uma dieta alimentar reforçada. Por timidez, não me atrevi a perguntar o motivo, mas o medo de uma tuberculose muito me abateu. O Pitu percebeu e só a ele tive coragem de confessar. Sua reação veio imediata e sem vacilo: “se tiver que comer no mesmo prato que você, eu como!” E não teve receio de continuar sempre próximo. Felizmente, o problema era só a magreza de um jovem muito ativo. Não sei se foi prudente, mas que foi amigo, isso ele foi!

papadrogas2No dia 14 de fevereiro celebra-se o Dia da Amizade. Estaria ligado à história do bispo São Valentin, que teria morrido nessa data. Em muitos países, o Valentine’s day é o dia dos namorados, que no Brasil se comemora em 12 de junho. Mas aos amigos e às amizades dedicam-se também outras datas. Para a ONU, 30 de julho é o Dia Internacional da Amizade, que teria origem diferente, mas controversa. Há também o Dia do Amigo, que alguns comemoram em 18 de abril, outros em 20 de julho.

Aquele que ama
É muito bom termos um dia especial para lembrar e manifestar gratidão e carinho aos nossos fiéis amigos. Não sem motivo, a palavra amigo tem sua raiz no latim, derivada, como se concluiu, da palavra amor. Amizade é afeto, é proteção, é apoio, como o Pitu demonstrou. É também confiança: “chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai” (Jo 15, 15). Amigo para dividir tristezas, mas também compartilhar felicidade, porque sofrer sozinho é muito doloroso, e alegrar-se sozinho não tem graça nenhuma.

O verdadeiro amigo se entristece com nossas derrotas e muito se alegra com nossas vitórias, solidário e sem inveja. O verdadeiro amigo sabe ouvir e, quando preciso, sabe calar. Um abraço pode ser a melhor acolhida, mesmo em total silêncio. O verdadeiro amigo pode dizer sim e pode dizer não; entender e aceitar o sim ou o não é também demonstração de verdadeira amizade.

Mas não é preciso esperar o Dia da Amizade ou o Dia do Amigo para lembrar e homenagear essas pessoas que nos são tão caras. Não deixe passar o dia do aniversário, o dia do profissional, ou uma data qualquer que dê a oportunidade de externar seu afeto e seu respeito. Afinal, como uma planta, a amizade precisa ser cultivada e cuidada para que não murche e pereça. E busque transformar seu vizinho no amigo mais próximo, pois o socorro pode vir na hora certa, e a oportunidade de servir também, sem constrangimentos e sem favores, mas por puro e desinteressado amor. Graças a Deus, tem ainda muito Pitu por aí! 

*Carlos Roberto Marques é Leigo Missionário da Consolata – LMC.

Deixe uma resposta

3 + oito =