Encontro de Pastoral Afro-americana no Panamá

Encontro de Pastoral Afro reflete sobre o decênio estabelecido pela ONU.

Por Assessoria de Imprensa

A Secretaria de Pastoral Afro-americana (SEPAC/CELAM) está reunida no Panamá, no Centro de Espiritualidade Monte Alverna. O padre Jurandyr Azevedo Araújo, coordenador da Pastoral Afro-brasileira participa como vice-presidente e representante do Brasil.

cartaz-afroA Década Internacional de Afrodescendentes (2015-2024) foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) por meio da Resolução A/66/460 após um ano de debates em torno do racismo e das situações social, econômica e política da população negra mundial na contemporaneidade. Diante da fragilidade dessa população em vários aspectos, a ONU percebeu a necessidade de ampliação da discussão no cenário mundial, ultrapassando o período de 2015 a 2024.

Os temas da reunião: “Compromisso da Igreja Católica Latino-americana e no Decênio Internacional para os Afrodescendentes ; rever as atas e os compromissos depois da reunião do encontro no Brasil; continuar a agenda do Encontro de Pastoral Afro-americana e Caribenha (EPA), que será em julho de 2018, em Cali, Colômbia.

Os países que participam: o coordenador do Celam, Pe. Oscar Lozano, sdb; dois do Haiti, uma do Equador, um do Panamá, um da Colômbia e um do Brasil. Todos foram eleitos no Encontro de Pastoral Afro-americana, em 2015.

Fonte: Pastoral Afro

Deixe uma resposta

3 × 5 =