Cerca de 37 mil desabrigados pela alta do rio Paraguai

37 mil pessoas a abandonaram suas casas devido a alta do rio Paraguai

Por Agência Fides

As águas do rio Paraguai estão superando o nível máximo de 7 metros de altura rumo à capital Assunção, obrigando 37 mil pessoas a abandonarem suas respectivas casas. Segundo a Secretaria para a Emergência Nacional (SEN), os vilarejos mais atingidos são os mais pobres da capital, onde vive cerca de um quarto da população da cidade, de mais de 513.000 habitantes. Entre as vítimas, cerca de 21 mil foram evacuadas depois do aumento do nível das águas que se registrou na semana passada, enquanto as outras são aquelas que, depois das enchentes de 2014, vivem ainda em abrigos colocados à disposição pelo governo local. A SEN todos os dias continua a ajudar e assistir pessoas, buscando abrigá-las nos 50 refúgios montados em diversos pontos da capital paraguaia, alguns dos quais se encontram dentro dos quarteis do Exército. Além disso, foram colocados à disposição materiais de compensado para a reconstrução de pequenas casas de madeira em locais ou espaços públicos, para permitir à população de fugir das águas do rio que continua a subir. O Governo não exclui que o rio continue a crescer e que nos próximos dias poderiam aumentar os desabrigados. O crescimento atual se deve às chuvas intensas provocadas pelo fenômeno do El Niño.

Fonte: fides.org

Deixe uma resposta

9 + 1 =