Jovens da Consolata realizam 1º Festival cultural na Bahia

Michael Mutinda

"A ruptura entre o Evangelho e a cultura é sem dúvida o drama da nossa época, como o foi também de outras épocas". (EN, II-20)

Jovens lotaram o Centro Cultural de Plataforma em Salvador, nos dias 9 a 11 de Setembro de 2011, para o 1º Festival Jovem Consolata na Bahia. O evento foi organizado pelos missionários e missionárias da Consolata presente no estado a fim de qualificar os jovens na construção da sociabilidade contemporânea na era da democratização da cultura e da informação.

Como primeira experiência, a Equipe de Animação Missionária e Vocacional - AMV, responsável pelo Festival, articulou um intercambio entre jovens dos municípios de Monte Santo, Jaguarari, Feira de Santana, no interior do Estado e a capital Salvador. Centrada no tema: "Juventude, Cultura e Evangelização", a programação contou com apresentações de teatro, danças brasileiras e africanas, poesias, músicas e capoeira.

A inspiração veio da exortação apostólica Evangelii Nuntiandi do papa Paulo VI, quando afirma: "A evangelização não se dá fora da cultura. Nem o Evangelho se identifica com as culturas, mas identifica-se nas culturas. E a fé apresenta-se mais como atitude de encontro com o Acontecimento, do que como a apropriação de um credo. Ela é também o sentimento estético, descodificação e desejo de transformação da história..."

Na oportunidade, os jovens animaram missas na paróquia São Brás, bairro Plataforma, na periferia de Salvador e participaram da festa da Nossa Senhora de Nazaré. Além disso, visitaram alguns lugares históricos de Salvador. O Festival terminou, mas a missão de jovens continua, unidos e fortes. "Somos jovens decididos caminhando pro Senhor, trabalhando para Cristo por amor. A nossa juventude nós usamos para o bem, vem se juntar a nós você também", cantavam enquanto se despediam.

 

Fonte: AMV ??? Paróquia São Brás, Salvador - BA.

Deixe uma resposta

cinco × dois =