Feliz Festa da Consolata, com muita alegria!

A Festa da Consolata de 2022 foi marcada pela alegria junto aos missionários, missionárias, leigos e amigos de Nossa Senhora.

Por Redação
Fotos: Cleber Pires

Uma celebração eucarística em que se celebrou também pelos aniversariantes do dia, Padre Sandro e Irmã Maria, os padres Aquileo, Emer, Joseph, Gianfranco, Patrick, Paulo (de Itaquera), Jeremias (Santo Antônio dos Bancários), Tamrat e Job, além do novo Superior Regional do Brasil, padre Paulo Mzé, que presidiu a celebração, na Casa Regional das Irmãs Missionárias da Consolata, zona norte da capital paulistana, reuniu missionários, missionárias, leigos e amigos da Família Consolata.

IMG_9624

Irmã Maria Artura (foto) na introdução da missa acolheu a todos, lembrando que a Família Consolata estava ali reunida para celebrar com muita alegria a festa da padroeira, nesse ano, de maneira especial lembrando que durante a Novena em honra à Consolata realizou-se a 2ª Conferência de Muranga, 118 anos depois da 1ª, realizada em 1904. Estiveram presentes mais de 500 missionários acompanhando a Conferencia, de forma presencial e on-line, reunindo missionários e missionárias em mais de 30 países.

IMG_9591

Padre Paulo Mzé, diretor da revista Missões (foto) e agora Superior Regional do Brasil em sua homilia lembrou que a Consolata é o nome e o sobrenome dos missionários, das missionárias,  dos Leigos (LMC), de todos que pertencem à Família Consolata.

Pertencemos à Igreja, devemos amar nossos irmãos. O carisma da Consolação ainda é atual. Somos todos colaboradores. Devemos trabalhar a sinodalidade, isto é, o conceito de união, somos família. Sozinhos não chegamos a lugar algum. Aprendamos de Allamano, que elegeu o padre Tiago Camisassa como primeiro colaborador. Nosso nome e sobrenome Missionário e Missionária da Consolata. O carisma da Consolata não é exclusivo dos padres e das irmãs, é também das pessoas que nos amam e convivem conosco.

Fazendo uma relação com o Evangelho, a anunciação do Anjo à Maria, o Superior Regional afirmou que devemos obedecer a Deus, como Maria, que era mulher de fé. E acima de tudo,  devemos nos abandonar a Deus! Colocar Deus em primeiro lugar em nossa vida. A missão é de Deus!

IMG_9619

Como de costume, os missionários e as missionárias renovaram seus compromissos com o Instituto, na celebração da Consolata. No ofertório, foram trazidas as imagens de Irene Stefani, Leonela Sgorbatti, Tiago Camisassa, José Allamano e uma foto com os primeiros missionários que participaram da 1ª Conferência de Muranga.

Irmã Maria Artura lembrou ainda que ao final de sua vida, o padre Camisassa era assistido por um padre e por uma irmã e no dia 18 de agosto de 1922, pouco antes de falecer, segurou nos crucifixos que traziam pendurados ao pescoço, e emaranhou os dois, para significar que deviam estar juntos: "Sejam um!" Foram suas últimas palavras. Camisassa já pensava na sinodalidade!

Após a celebração eucarística, todos foram convidados a uma confraternização, com salgadinhos, frutas, caldo e um bolo delicioso!

Viva Nossa Senhora Consolata, com alegria!

Acesse a Galeria de Fotos

Festa da Consolata 2022

Deixe uma resposta

dezenove + um =