Cardeal Hummes convida papa a visitar a Amazônia

A visita seria feita no âmbito de sua viagem aos Brasil, em 2017, pelos 300 anos de Aparecida

Por Rádio Vaticano

O Papa Francisco na Amazônia? É o que espera o Presidente da REPAM, a Rede Eclesial Pan-Amazônica, Card. Cláudio Hummes, que entregou oficialmente ao Pontífice uma carta convidando-o a visitar uma comunidade indígena.

A visita seria feita no âmbito de sua viagem aos Brasil, em 2017, pelos 300 anos de Aparecida. Quem dá os detalhes deste convite é o própio Card. Cláudio Hummes, que é também Presidente da Comissão para a Amazônia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil:

 

Card. Hummes:- “O Papa é um homem que tem grande amor pela Amazônia. Está querendo muito ajudar para que a Igreja possa ali realmente desenvolver a sua missão plenamente, cada vez melhor. Então ele nos acompanha muito de perto, com muito carinho. E fará certamente todo o possível para que, de fato, ele possa dar um apoio maior, o que seria simbolicamente muito forte se ele pudesse visitar a Amazônia. Vamos ver. Eu tenho muita confiança, mas ele, é claro, não pode confirmar nada.”

RV:- Qual realidade o senhor gostaria que o Papa conhecesse?

Card. Hummes:- “Os bispos do Pará, do Regional da CNBB Norte 2, enviaram a ele uma carta pedindo que visitasse uma missão. Isso não significa que o Papa visitará esta ou outra comundade indígena. O que sobretudo nós queríamos é que ele visitasse uma comunidade indígena.”

Antes de vir ao Vaticano, onde participou também da abertura da Porta Santa da Basílica de S. Pedro, o Card. Hummes acompanhou em Paris os trabalhos da COP21. O evento se encerra na sexta-feira (11/12), e a expectativa é de que seja alcançado um acordo que limite o aumento da temperatura média do planeta. Para o Cardeal brasileiro, há motivos para se ter esperança neste acordo.

Ouça aqui:

Fonte: br.radiovaticana.va

Deixe uma resposta

17 − quinze =