Dom Walmir Alberto Valle, missionário da Consolata, celebra 50 anos de ordenação sacerdotal

Maria Emerenciana Raia / Revista Missões

No dia 21 de dezembro de 2013, sábado, dom Walmir Alberto Valle, imc, bispo emérito de Joaçaba, Santa Catarina, comemorou 50 anos de ordenação sacerdotal, com a comunidade da Paróquia Nossa Senhora Consolata do Jardim São Bento, zona norte de São Paulo. Ele foi bispo também em Zé Doca (Cândido Mendes), Maranhão.

Dom Walmir foi ordenado sacerdote no dia 21 de dezembro de 1963, em Turim, Itália e ordenado bispo em 6 de janeiro de 1986, em Roma, pelas mãos do Bem-aventurado Papa João Paulo II. Era Superior Provincial dos missionários da Consolata quando autorizou a mudança do nome da Paróquia São Pedro de Alcântara, para Nossa Senhora Consolata, no Jardim São Bento.

A missa em ação de graças realizada às 18h00, foi concelebrada pelo superior da Consolata no Brasil, padre Luiz Carlos Emer e pelo pároco e vice-superior, padre Moisés Facchini. Também estava no altar, dom Servilio Conti, imc, bispo em Roraima quando dom Walmir lá atuou como missionário. Muitos paroquianos da São José Operário, paróquia vizinha à da Consolata, na qual dom Walmir trabalhou, principalmente com os jovens, estiveram presentes. Sua história foi lembrada na celebração, com a procissão das oferendas, realizada juntamente com a oração dos fiéis. Foram trazidos ao altar alguns símbolos, como um aviãozinho, lembrando sua habilidade como piloto quando trabalhou em Roraima; uma pequena sanfona e um violão, lembrando sua vocação de músico, e a camisa do Santos, time do coração, lembrando que o missionário trabalha sempre em equipe. Dom Walmir ficou bastante emocionado e disse que é conhecido como bispo chorão.

Após a celebração, desceu ao Salão Paroquial, onde tocou seu acordeão, cantou com os presentes e recebeu os cumprimentos, numa agradável confraternização.

Fonte: Revista Missões

Deixe uma resposta

três × 4 =